ALGUÉM SABE A ASCENDÊNCA DESTES ACUÑAS?

Investigación de xenealoxías
samonteiro
Novo
Novo
Mensajes: 4
Registrado: 27 May 2014, 20:22

ALGUÉM SABE A ASCENDÊNCA DESTES ACUÑAS?

Mensaje por samonteiro »

DOÑA JUANA TERESA BENITA DE ACUÑA Y LA PUENTE VARELA DE BLANCAS Y RUIZ COLORADO DE IÑIGO, nascida em 1715 na cidade de Tui e falecida a 2/9/1782 em Valeixe, com testamento em que deixava cento e seis missas para serem rezadas no Convento de S. Francisco de Tui,

filha herdeira de Don Ignacio Julián Fernandez de Acuña, administrador do Morgado de Burguete, em S. Miguel de Corzanes (era seu irmão o Doutor Don Telmo Jacinto Fernández de Acuña, Doutor em Teologia, Colegial de Fonseca, em Santiago, Catedrático de Vésporas de Leis, Cónego prebendado da mesma cetedral), e de sua mulher Doña Teresa Benita de la Puente Ruiz Colorado y Iñigo, da vila de Redondela (Irmã de Don Clemente de la Puente y Iñigo, Cónego Tesoureiro da Catedral de Tui);

neta paterna de Don Melchor Fernández de Acuña, procurador de número das audiências civil e eclesiástica da cidade de Tui, Senhor do Morgado de Burguete (foram seus irmãos, pelo menos, Don Juan Fernández de Acuña, Cónego prebendado da Catedral de Tui; e Don Jazinto Fernández Troncoso (ou Troncoso Varela), e de sua mulher Doña Isabel Varela de Blancas; neta materna de Don Antonio de la Puente e de sua 2ª mulher Doña Lucia Josefa Ruiz Colorado y Iñigo (irmã de Don Clemente de Iñigo, Cónego prebendado da Catedral de Tui).

Ela casou com DON TOMAS ANTONIO SARMIENTO DE SOTOMAYOR Y ALDAO, foi administrador do Morgado do Pazo de Borza e Torre de Guimaráns (desaparecida), em Santa Cristina de Valeixe, com seus agregados noutras freg.s, regedor decano e juiz ordinário de Tui, deputado do Reino da Galiza por esta cidade. Faleceu a 14/1/1793 em Valeixe, com testamento. Deixaram descendência, nomeadamente em Portugal.
Responder